Acontece - Dezembro 2015

O Rio de Janeiro comemora cinco anos dos multibenefícios do Programa Amigos do Zippy

O estresse atinge a todos nós com intensidades diferentes e se reflete na forma como nos relacionamos. Quando os sentimentos são desagradáveis, é preciso identificar as emoções e explorar alternativas para lidar com as situações que se apresentam. É exatamente para ensinar isso que a Associação pela Saúde Emocional de Crianças (ASEC) capacita professores no Brasil desde 2004 e no Rio de Janeiro há cinco anos, com o programa Amigos do Zippy (AZ). “Se crianças pequenas aprenderem a lidar com dificuldades, elas estarão mais aptas a lidar com problemas e crises na adolescência e na idade adulta” - essa é a base do Amigos do Zippy, que vale sempre ser relembrada.

Leia mais...

Reconhecer sentimentos e ambiente emocionalmente saudável

Em Ipanema, no alto de um dos prédios de 26 andares do Complexo Rubem Braga, que atende as Comunidades de Cantagalo e Pavão-Pavãozinho, na Zona Sul do Rio de Janeiro, está o CIEP Presidente João Goulart, da Secretaria Municipal de Educação. É no CIEP que funciona a Escola Municipal de mesmo nome, além do Espaço Criança Esperança, uma conceituada academia de boxe e diversos cursos profissionalizantes.

Leia mais...

Saúde mental: resolver conflitos e desempenho acadêmico

A saúde mental é um campo que vem se desenvolvendo desde meados do Século XX. A publicação “A Escola e a Desigualdade” (UNESCO, 2007) analisou fatores que favorecem o bom desempenho escolar em 14 países, incluindo o Brasil. O aspecto que mais chamou a atenção foi a escola ter um ambiente emocional adequado, fruto do bom relacionamento dentro da sala de aula.

Leia mais...

Atividades socioemocionais são reivindicadas para o currículo escolar comum e aquecem debate da Base Nacional Comum Curricular (BNC)

Em Setembro deste ano o repórter Eduardo Vanini, do Globo, fez a cobertura da segunda edição do seminário Educação 360, que aconteceu de 11 a 12 de Setembro, no Rio de Janeiro. Um dos temas que foi debatido no evento foi a inserção de habilidades como equilíbrio emocional e trabalho em equipe no currículo escolar.

Especialistas defendem que atividades socioemocionais são imprescindíveis para que os alunos saibam se relacionar, trabalhar em grupo e controlar as emoções. É preciso combinar o ensino de habilidades tradicionais às socioemocionais, que representam o que as crianças precisam para ter sucesso não só acadêmico, mas na vida.

Leia mais...

Notícias Anteriores